O que fazer em Amsterdam em 2 dias

0
Roteiro Amsterda

Roteiro com o que fazer em Amsterdam em 2 dias.

A tão famosa Amsterdam (inglês), Amsterdã (português BR) ou Amsterdão (português/Portugal) atrai viajantes de todos os tipos.

É uma cidade que consegue manter uma boa de vibe diurna e noturna. Ela reúne tudo e mais um pouco.

Foram 2 dias bem agitados explorando os pontos turísticos da queridinha Amsterdam.

Fiquei hospedada em um Hostel só para mulheres que ficava localizado a 20 minutos de metrô do centro da cidade.

Por lá, fiz tudo na caminhada 🙂


Você sabia que o Seguro Viagem é obrigatório para uma lista de países na Europa?

Confira aqui as 7 principais dúvidas sobre Seguro Viagem.

Seguros Promo


Dia 1

 

Winkel 43

Experimente a famosa torta de maçã de Amsterdam, com chantilly e acompanhada por um chá fresco a sobremesa fica ainda mais interessante.

A torta e tudo no lugar é bem fresquinho e delicioso. Não deixe de provar!

Winkle 43 Amsterdam

 

Museu Anne Frank

A visita ao museu Anne Frank foi uma das mais fortes experiências que eu já vivenciei e ela realmente mexeu comigo como ser humano.

Eu não tinha muito conhecimento histórico sobre o holocausto, sendo assim eu li cada linha das informações disponíveis no museu. Passei 2 horas lá dentro.

Saber que você está no lugar real onde tudo aconteceu torna a experiência ainda mais intensa.

O ingressos para a casa e museu Anne Frank são vendidos apenas online.

Minha sugestão é você comprar com antecedência. Eles até deixam alguns ingressos disponíveis para o dia, mas eles esgotam rápido.

Visite o site e compre online: Anne Frank Tickets

 

Dam Square

A Praça Dam é a praça central de Amsterdam e reúne atrações como o Royal Palace, a igreja Nieuwe Kerk e o Madame Tussauds.

Além de diversos artistas de rua interagindo com os turistas.

 

Amsterdam Museum

Neste museu você aprenderá sobre a história de Amsterdam.

A partir de 1 de janeiro de 2019 o local está aberto todos os dias das 10h às 17h e os ingressos para adultos sairão por 15.00 euros e estudantes por 12.50 euros.

Confira mais informações sobre o museu no link: Amsterdam Museum

 

Begijnhof

É uma vila que abrigou mulheres da igreja católica durante a revolta protestante.

Elas construíram uma igreja escondida que tinha como fachada a estrada de duas casas normais.

Hoje em dia é possível caminhar pela vila e visitar a igreja escondida, mas uma boa parte do local possui acesso restrito apenas aos moradores da vila.

 

Bloemenmarkt

É um mercado flutuante de flores. Lá você encontra as tradicionais tulipas e outros  diversos tipos de flores e sementes.

Ótimo lugar para comprar lembrancinhas também.

 

Heineken Experience

Foi incrível conhecer a história de um jovem sonhador de 22 anos.

A empresa hoje passa pela 4ª geração da família Heineken e a maior cervejaria da marca é a de Amsterdã.

O ingresso para a excursão interativa sensorial custa 18 euros e leva em torno de 1 hora e meia com direito a duas cervejas geladíssimas e um bar no final da experiência.

O tour é feito em inglês, mas se você precisar das explicações em português, basta fazer o download do aplicativo e acompanhar por ele.

Veja também: Fábrica Heineken – Como é o Vip Tour?

Mais informações no site oficial da Heineken Heineken Experience

CONTRATE ALGUNS PASSEIOS COM ANTECEDÊNCIA E EVITE FILAS!

Dia 2

 

Letreiro I’m Amsterdam

 

O que fazer em Amsterdam
O letreiro estava em reforma quando passei por lá. Pode acontecer galera!

 

O famoso letreiro de Amsterdã fica em uma região cercada de museus.

Minha sugestão é que você pesquise antes qual deles faz mais o seu gosto e compre os ingressos online para evitar filas nos locais e evitar perder a viagem também.

São eles: Rijksmuseum, Moco Museum  , Van Gogh Museum, Diamantmuseum e Stedelijk Museum.

 

Concerto Gratuito

O evento recebe o nome de Lunchtime Concert e acontece todas as semanas, exceto nos meses de julho e agosto e geralmentes às quartas-feiras no Het ConcertGebouw.

Os ingressos gratuitos começam a ser distribuídos 30 minutos antes do início da apresentação. Como as apresentações são populares, garanta o seu ingresso gratuito chegando com antecedência.

A apresentação dura em torno de 30 minutos e eu garanto que você vai querer mais.

Confira mais informações no site Lunch Time Concerts.

 

Openbare Bibliotheek Amsterdam – OBA

Saindo do concerto e da praça dos museus, pegue um tram e vá até a OBA, lá é possível subir de graça até o sétimo andar e ter uma vista panorâmica da cidade. A vista é realmente linda.

No mesmo andar, existe como se fosse uma praça de alimentação com várias opções diferentes de comida. Eles oferecem café da manhã, almoço e jantar.. Escolha a que mais te agrada e curta a vista!

Mais informações, OBA.

 

Balsa Gratuita

Saindo da biblioteca, com uma caminhada de 15 minutos você chega ao Terminal de Balsas da Estação Central de Amsterdã. Atravesse a estação sentido ao canal e você encontrará 2 opções de balsa.

Pegue a balsa sentido NSDM. Ela é gratuita e te permite curtir um pouquinho o passeio pelas águas de Amsterdã já que a maioria dos passeios de barco por lá são pagos.

A navegação leva em médio 10 minutos.

 

NSDM

Já chegando próximo ao bairro é possível observar um submarino soviético abandonado que está abandonado por ali.

Existe um mural do artista brasileiro Kobra retratando Anne Frank por lá.

 

A área é pouco explorada pelos turistas e transmite um ar de abandono.

Apesar de se poder observar diversas obras de artes a céu aberto, a impressão que se tem é de que eles tentaram transformar o local em uma galeria gigante, mas parece que projeto parou.

o bairro NSDM foi citado em um artigo do Ducs como um dos locais alternativos para fugir dos pontos mais turísticos. Confere aqui 5 dicas locais e alternativas de Amsterdam para fugir do esquemão.

 

Hash Marihuana & Hemp Museum

Depois volte para o centro da cidade para explorar um pouquinho da vida noturna.

O museu Hash Marihuana & Hemp em Amsterdã é o mais antigo e importante museu do mundo dedicado à Cannabis Sativa.

Você encontrará uma exposição única, repleta de pesquisas informativas e científicas, além de conhecer toda a história da planta.

O ingresso custa 9 euros com acesso à 2 prédios do museu que ficam na mesma rua.

Vale conhecer e entender a história e daí então tirar suas próprias conclusões.

 

Red Lights

Caminhe em torno de 5 minutos e então você chegará a tão famosa Red Lights em Amsterdã.

Se você ainda não sabe, a prostituição é legalizada por lá e no distrito de Red Lights você caminha pela rua principal observando mulheres de programa em ‘casas-vitrines’.

Não se assuste ao encontrar idosos e famílias com crianças passeando pela rua principal. É uma questão cultural, e esse que é o legal aqui.

O que talvez nos espante e intrigue, para eles é algo normal.

DICA IMPORTANTE: não é permitido fotografar as garotas de programa. Caso você o faça, corre o risco de se expulso do local ou até mesmo tomar uma boa lição dos “seguranças” que circulam a região.

 

Resin Coffeeshop

Amsterdã é conhecida por suas leis que permitem o uso de drogas leves. Lembrando que existe sim um controle e ele é rigoroso.

Quando você vai até um coffeeshop, saiba que este é o lugar onde as pessoas compram a verdinha e também podem degustar cookies e brownies aditivados. Caso você não curta muito, na maioria das vezes esses lugares também oferecem cardápios interessantes de comidas e bebidas não aditivadas.

O que não é muito comum, salvo exceções, é a venda bebidas alcoólicas neste tipo de estabelecimento. Então, caso queira sair para tomar uma cervejinha com os amigos, procure por bares e/ou restaurantes.

O Resin Coffeshop foi um local indicado por amigos que moram na cidade. Não é um dos mais conhecidos e turísticos, mas a qualidade é boa e o ambiente é tranquilo. Saindo da rua principal da Red Light você caminhará 10 minutos.

Conhecer um coffeeshop está na lista de passeios culturais a se fazer em Amsterdã.

Dicas Extras sobre o que fazer em Amsterdam

 

Transporte público

Em Amsterdam é possível comprar tickets de utilização do transporte público de acordo com o tempo que ficará pela cidade.

Existem centrais de autoatendimento onde você mesmo seleciona o tipo de ticket que quer e pode utilizá-lo para ônibus, trem, tram e metrô.

Como exemplo, você pode comprar um ticket para 48 horas por 12.50 euros.

Confira as tarifas completas no link: GVB

 

Dica especial para mulheres viajantes

 

Hostel só para mulheres

Eu até então nunca havia me hospedado em um Hostel só para mulheres e o Hostelle foi a minha primeira experiência. E o local não me decepcionou, muito pelo contrário.

O hostel oferece atividades diárias, muitas delas de empoderamento feminino e a localização em uma área onde você encontra diversas lojas e opções de mercados e restaurantes.

Fica a apenas 8 minutos da estação de metro Bijlmer Arena e 30 minutos de metrô para a região central da cidade.

Os valores também são acessíveis, de 18 a 24 euros por noite.

A estrutura do local é completa, além de estar sempre limpo e organizado. Altamente recomendado!

Se está buscando por hospedagens internacionais com desconto, temos um cupom especial para comprar realizadas através do nosso link da ReservaCool. Em reservas realizadas até o dia 30/09/2019 você pode chegar a até 50% de desconto + um cupom extra com 15% de desconto + 13,5% de cashback – Click em nosso link e utilize o cupom MEUCUPOM15

Uma opinião geral sobre Amsterdam

A cidade em si é pequena e 2 dias são o suficiente para conhecer os principais pontos turísticos.

Mas é daqueles lugares que eu tenho certeza que se fosse para ficar 1 mês, encontraria coisas diferentes para fazer todos os dias.

A vibe da cidade ganhou meu coração.

As pessoas não vivem correndo de um lado para o outro só pensando em trabalho de forma automática, me senti segura, existe muita atividade cultural, muitas exposições e mercados a céu aberto.

Considero um bom lugar para morar de acordo com a qualidade de vida que pude vivenciar e aprender mais em conversas com que mora por lá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui