Emprego em Malta | Como consegui em 4 dias

4
Fazer Intercâmbio e Trabalhar

Neste artigo explico quais foram os meus passos para conseguir um emprego em Malta em 4 dias e a experiência de trabalhar em um restaurante por lá.

Se você preferir, tem um vídeo falando do assunto também: Como trabalhar em Malta?

Antes de Chegar a Malta

Você sabia que precisa de um Seguro Obrigatório para entrar em Malta?

O meu eu fechei pela Promo Seguros e consegui um desconto de 5% com o código EMBUSCA5

Antes mesmo de escolher Malta como meu próximo destino, analisei o mercado de trabalho do país e como estavam as oportunidades de emprego em Malta para estrangeiros.

Como analisar o mercado de trabalho em Malta?

Através de grupos no Facebook.

Me tornei membro dos grupos: Brasileiros Em Malta e Brasileiros Em MALTA

E comecei a pesquisar as conversas sobre trabalho para entender melhor a realidade dos brasileiros que moravam por lá.

Informações encontradas nesses grupos serão muito mais reais do que artigos escritos.

Algumas coisas podem mudar e as informações contidas em um artigo escrito há muito tempo atrás pode não fazer mais parte da realidade.

Percebi então que as oportunidades para pessoas que falavam inglês e tinham o passaporte europeu eram inúmeras e esse foi um dos motivos que me fez escolher Malta.

Entenda Por que escolhi viajar para Malta.

Depois de analisar as oportunidades através das conversas entre os brasileiros que estavam morando na Ilha, eu me senti muito confiante com relação a conseguir um trabalho assim que chegasse na Ilha.

Eu sabia que começar a trabalhar o quanto antes, dependeria única e exclusivamente de mim mesma.

E foi isso que me levou a conseguir um emprego em 4 dias em Malta.

Quer trabalhar em Malta? Confira 20 sites de busca de emprego!

Enquanto morei na Austrália, precisei trabalhar para me manter.

Não tinha ideia de guardar dinheiro, era apenas para sobrevivência mesmo.

Na época eu não me sentia tão confiante com relação ao meu inglês e nem com relação a minha capacidade como profissional.

Talvez por não ter experiências anteriores.

Mas o meu sentimento era completamente diferente quando cheguei a Malta.

Cheguei muito confiante com relação ao meu inglês, disposta a trabalhar o máximo que eu pudesse e me sentindo muito mais capaz por já ter uma experiência anterior morando no exterior.


Se você quer se preparar para viver um intercâmbio, confira o Curso Inglês Online – Com certificado, conteúdo vitalício e sem mensalidades!


Não sei explicar ao certo, mas a impressão é que depois que vence o primeiro desafio e percebe que você é capaz de superar qualquer dificuldade, nada mais pode deter você.

Você se torna mais forte, acredita mais em você e sabe que todas as situações, por mais difíceis que possam parecer, vão passar e vai ficar tudo bem!

 

Aplicações de trabalho à distância

Malta País

Na Austrália percebi que muitos brasileiros acabavam trabalhando em agências de intercâmbio.

Pensei, por que não aplicar para oportunidades de emprego em Malta, em agências?

Nas minhas pesquisas, verifiquei que muitas agências estavam querendo inserir Malta nas opções de destinos para intercâmbio, já que a procura pelos brasileiros estava crescendo.

Entrei no site de uma por uma e mandei e-mails explicando a minha situação e contando um pouquinho da minha experiência e história.

Tive algumas respostas positivas, mas para oportunidades para trabalhar do Brasil, o que não era o que eu estava procurando naquele momento.

E alguns retornos do tipo… “quando você chegar a Malta podemos conversar melhor”.

Sendo assim eu já tinha algumas opções engatilhadas para quando chegasse à Ilha.

E isso me tranquilizou ainda mais.


Dica: Veja se não é possível aplicar para algumas oportunidades antes mesmo de chegar no país, e já entre em contato com as empresas demonstrando o seu interesse. Isso irá mostrar que você está determinado a encontrar algo e que realmente está disposto a trabalhar.

Deixando o currículo pronto para um emprego em Malta

Malta Onde Ficar

Eu já tinha um currículo em inglês pronto.

Mesmo assim o revisei e fiz algumas alterações para o mercado de Malta.

Só não levei algumas impressões, porque geralmente você precisa colocar as informações certinhas de endereço e telefone local.

Ainda não tinha essas informações quando estava no Brasil, então achei melhor deixar para imprimir assim que chegasse.

Se você nunca fez um currículo seu em inglês, tenho um modelinho para você no artigo: Como encontrar um trabalho na Austrália?

Entretanto, para a Europa, existe um site onde eles padronizam os currículos.

E isso é uma mão na roda para quem não sabe nem por onde começar.

Clica nesse link e já deixa o seu no jeito: Europass

Se você se preparar antecipadamente, estará a um passo a frente!

Assim que cheguei a Malta

É muito importante ter um número de telefone assim que você chega no país. Você pode comprar um Chip de Viagem antes de sair do Brasil e já chegar no lugar conectado!

No meu segundo dia em Malta, saí para bater perna e encontrar um local onde eu pudesse usar a internet e primeiramente aplicar para algumas oportunidades que eu já havia visto através dos grupos do Facebook.

Nessa caminhada de algumas horas, tirei foto de diversas oportunidades de emprego em Malta que encontrei pelo caminho.

Isso que caminhei apenas aos arredores de onde estava vivendo, e pude perceber que emprego não faltava.

Eram oportunidades em lojas de roupas, padarias e restaurantes.

Algumas para part-time e outras full-time.

 

Assim que consegui me conectar, lá fui eu para os grupos do Facebook novamente.

Acredite em mim, os grupos da comunidade brasileira vivendo em outros países realmente te ajudarão em diversos assuntos.

Apliquei para oportunidades que os brasileiros haviam postado e mandei algumas mensagens diretas para pessoas que estavam oferecendo vagas.

Quando ainda estava no Brasil já havia visto alguns posts de um bar/restaurante brasileiro que na época estava precisando de staff.

Mandei mensagem para o dono do restaurante contando um pouco da minha história e experiência e ele me chamou para um teste dois dias depois.

Desde então, passei a fazer parte do time de funcionários!

Done! Consegui um emprego em Malta 🙂

 

Mas você está trabalhando em subemprego de novo?

 

O que mais escuto aqui de algumas pessoas é: “mas você tem inglês fluente e passaporte, por que está trabalhando em um bar/restaurante?”

Vamos lá gente…

Tudo depende dos seus objetivos.

Meu objetivo em Malta não é fazer a vida por aqui (pelo menos não agora), estou apenas de passagem.

Larguei a vida de escritório e o mundo corporativo porque não era isso que eu queria mais para a minha vida.

Não faz sentido nenhum eu me enfiar novamente atrás de um computador de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h com finais de semanas livres.

Isso seria o ideal para levar uma vida normal não é mesmo?

Pois é, no momento não quero uma vida tão normal assim!

Os horários no restaurante são meio doidos, mas me permitem curtir uma praia todos os dias pela manhã caso eu queira.

Não é um tipo de trabalho estressante onde eu passo nervoso, precise cumprir metas, lidar com funcionários e etc.

 

É algo do tipo: você vai, faz o seu trabalho e depois que termina o seu expediente, se desliga daquilo tudo.

Claaaaro que talvez esse não seja o tipo de trabalho que eu queira para o resto da minha vida, já que chega uma hora que as coisas se tornam monótonas e você não enxerga mais oportunidades de mudanças e crescimento.

Mas para um período curto, era exatamente o tipo de trabalho que eu estava procurando.

O salário super me atende! Paga as minhas contas e ainda consigo guardar grana para os meus projetos futuros.

A média do salário aqui em Malta para quem trabalha em restaurantes é de 5 euros/por hora.

Esse valor é baixo quando comparado a outros países da Europa, mas o custo de vida também é igualmente mais baixo.

Gostaram das dicas?

Me enviem suas dúvidas pelos comentários ou me segue lá no Instagram @jess.alvess_. Podemos bater um papo por lá e você ainda acompanha o meu dia a dia!

Tá precisando dar aquela melhorada no inglês antes de viajar?

Confira o Curso Online de Inglês da WFour Cursos, você terá acesso ilimitado ao conteúdo, podendo estudar no seu próprio horário e sem restrições. E ao final do curso você terá direito de receber gratuitamente um certificado, e poderá incluí-lo em seu currículo!

4 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde ! Vc preferiu Malta ou Australia ? Qual vc indica para intercâmbio um período de 6 meses a 1 ano um casal com uma filha de 4 anos , só 1 pessoa no curso de inglês ?
    Obrigado !

    • Olá Henrique,
      São países completamente diferente! Se a sua ideia é apenas um intercâmbio de um ano, qual o sue objetivo principal? Aprender o inglês? Na minha humilde opinião, se é possível se planejar melhor e se você possui uma grana maior para investir nesta experiência, eu aconselho Austrália.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui